VOLTAR PARA PROJETOS DE CINEMA

 

FREI GALVÃO - O FILME
Com roteiro original de Malcolm Forest, registrado na Biblioteca Nacional sob o número 161.446, livro 28, folha 79, Frei Galvão é um longa-metragem em Eastmancolor, 35mm para cinema, televisão, DVD e home vídeo.
Propõe-se a levar o Amor de Deus às telas para despertar a voz do coração das pessoas, contribuindo para uma reversão no paradigma das produções de cinema da atualidade, tão centrados na violência e na dissolução dos costumes. Parte da renda da produção deverá ser revertida a obras assistenciais.


A HISTÓRIA
A temática religiosa predominante neste filme inspira-se na vida de Frei Antônio de Sant'Ana Galvão e de Madre Helena.
A história se inicia em São Paulo, contemporaneamente, na década de 90. Sob a forma de flashback, conta-se a vida do frei no século XVIII, em cenas que demonstram sua caridade já na infância. Sua partida para o seminário dos jesuítas, a disciplina rígida, a notícia da morte de sua mãe, a volta para o lar paterno, sua entrada na Ordem Franciscana, seus milagres - e a origem das “Pílulas de Frei Galvão”-, e sua maior luta: a fundação do Convento da Luz com irmã Helena, uma religiosa da Ordem Carmelita com pouca cultura mas extremamente bondosa, são pontos-chave da história. O filme termina com a morte de Frei Galvão, aos 84 anos, no ano de 1822, no Convento da Luz.
Partes da história da Cidade e do Estado de São Paulo e dos santos padroeiros das Ordens Franciscana e Concepcionista são também retratadas nesta grande produção. Filmagens em Portugal e em outros países europeus complementarão o filme.


JUSTIFICATIVA
A produção plenifica-se pela magnitude do biografado, por sua atual visibilidade na mídia e na fé. A biografia de Frei Galvão reveste-se de particular importância por sua beatificação transcorrida em Roma, em outubro de 1998 e pela campanha que se realizou por sua canonização.
Mais necessário, ainda, se faz este projeto pela sede espiritual do homem moderno, tão obcecado pelo materialismo, perdido no turbilhão deste final de século XX. Frei Galvão se apóia na certeza de público e na missão de contribuir para o reavivamento espiritual.
A época retratada, o século XVIII e o início do século XIX, cria clima propício para a imaginação. Grande importância tem o resgate de bases e costumes das nacionalidades brasileira e portuguesa, o retrato do estilo arquitetônico da era e a edificação do Convento da Luz pelas mãos do Frei Franciscano e do Morgado de Mateus. É de grande importância, para o público paulista e nacional, a evocação da São Paulo de outrora com sua arquitetura colonial.
Contrapondo-se ao tema circunspectoe soturno do convento e da contemplação, os grandes espaços abertos do Vale do Paraíba dão viva cor e natureza ao Filme. Por fim a figura feminina muito importante e mística de irmã Helena enriquece a trama, formando com o Santo Antônio Galvão, o Frei Galvão, boa dupla de personagens para contar esta história de verdadeiro amor cristão. Para interpretar esta personagem, será convidada a atriz reconhecida de televisão e teatro, Ana Paula Arósio, que apresenta perfil propício para o papel.


OS OBJETIVOS
- Comunicar a visão e o sentimento do Frei Galvão em sua trajetória rumo ao céu e à glória dos altares;
- Revalorizar temas religiosos, hoje ausentes no cinema, mas cada vez mais presentes no cotidiano da sociedade mundial;
- Inspirar e resgatar valores espirituais e reavivar a fé;
- Resgatar a memória paulista e paulistana;
- Prover bem-estar ao espectador pela beleza plástica e espiritual da obra;
- Gerar fundos para entidades assistenciais.


O IDEALIZADOR
Malcom Forest é cantor, compositor, ator e produtor. Atuou em filmes em Hollywood, incluindo uma participação em O Mundo Louco de Julius, de 1974, com Timothy Bottoms e Barbara Hershey, dirigido por Arthur Hiller para a 20th Century Fox. Morou 5 anos em Los Angeles, e estudou música na Universidade da Califórnia.
É também autor do projeto “Heróis de Hollywood”, que prevê a publicação de um livro fotográfico e biográfico das grandes personalidades do cinema de entretenimento até o início da década de 60, além de um CD.

A SUA EMPRESA
Todos os patrocínios e apoios permitem dedução de 100% no Imposto de Renda, dentro do exercício fiscal, redução do lucro tributável, na mesma proporção e conseqüente aumento nos dividendos, participação nos resultados do filme, sem riscos, dentro da Lei do Audiovisual, além de ações específicas de marketing e merchandising.
- Através do PATROCÍNIO EXCLUSIVO, sua empresa terá o direito a apresentar o filme nos créditos de abertura, créditos em todo material de divulgação impresso, no making of, menção obrigatória em entrevistas e reportagens, descontos especiais para Funcionários da empresa e cinco sessões privadas para uso do patrocinador, além de outras ações cabíveis.
- Pelo PATROCÍNIO PARCIAL, sua empresa terá o direito a créditos na abertura do filme sob o título "Patrocínio", créditos em todo o material de divulgação impresso, no making of, menção obrigatória em entrevistas e reportagens e descontos para funcionários.
- Através do APOIO CULTURAL, sua empresa terá o direito a créditos na abertura do filme, sob o título "Apoio Cultural" e créditos em todo o material de divulgação impresso,ojuntamente com outros apoiadores.
Além de colaborar com a realização desta importante obra, gerando goodwil institucional por apoiar a cultura, sua empresa ainda terá, através da Lei de Audiovisual, descontos de até 100% no Imposto de Renda, dentro do exercício fiscal, promoção de sua marca a participação em até 25% dos lucros do filme.

Copyright © 2005-2012 by Malcolm Forest - Todos os direitos reservados
malcolmforest@gmail.com
Ag. Correios Tucuruvi - Caixa Postal 13067
São Paulo-SP - 02306-970 - Brazil
( +55 (11) 2952-7063
( +55 (11) 2203 6692
È+55 (11) 9984-5016